Além de OnStar, Spin ganha tecnologias inovadoras para ficar até 30%  mais econômico

Além de OnStar, Spin ganha tecnologias inovadoras para ficar até 30% mais econômico

 

• Monovolume estreia a grade ativa do radiador, que traz aletas que se movimentam automaticamente para otimizar o desempenho do veículo conforme as condições aerodinâmicas e de refrigeração do motor
• Modelo ganha ainda OnStar e sistema ECO com motor 1.8 de nova geração, transmissão de seis machas, direção elétrica e suspensão recalibrada, entre outras evoluções mecânicas significativas
• Versões LS, de entrada, e Advantage, agora com transmissão automática, também são novidades da linha 2017 do Chevrolet

 
SÃO CAETANO DO SUL–Líder absoluto de vendas em sua categoria, o Spin chega à linha 2017 com relevantes novidades mecânicas e tecnológicas que deixam o monovolume da Chevrolet mais econômico, ágil e prazeroso de dirigir.

A principal inovação fica por conta da grade ativa do radiador (Active Grille Shutters). O sistema abre e fecha automaticamente a grade frontal de acordo com as condições de velocidade do veículo e necessidade de refrigeração do motor. Quando fechada, há redução do arrasto do ar e melhor aerodinâmica.

Outra novidade é o motor 1.8 da geração ECO, que entrega mais potência e força numa rotação muito mais baixa. Isso se traduz em acelerações e retomadas mais ágeis. Já a nova transmissão manual de seis marchas também traz benefícios, como a redução do nível de ruído em altas velocidades.

Para quem busca mais praticidade, há ainda opção de transmissão automática, que ganhou funcionamento mais suave e linear nas trocas de marcha.

O Spin 2017 incorpora outras evoluções trazidas pelo sistema ECO da Chevrolet, entre eles os novos freios e rolamentos, o novo conjunto de arrefecimento e o uso de materiais mais nobres para redução de peso.

Com isso, o Spin se consagra como o automóvel de passeio de até 7 lugares mais econômico do mercado brasileiro, segundo dados do Inmetro.

Para famílias que apreciam conectividade, há inovações interessantes. O Spin passa a trazer o sistema OnStar com opção de navegação por setas projetada na tela do multimídia MyLink e aplicativo para smartphone com dispositivo de diagnóstico – informa a pressão de cada um dos pneus e a quilometragem total percorrida pelo automóvel.

O painel com velocímetro digital soma bússola, indicador de mudança de marchas e alerta de baixa pressão dos pneus. Ar-condicionado, computador de bordo, sensor de estacionamento traseiro, volante com controle das funções do rádio e telefone, acionamento das travas e vidros por controle remoto e terceira fileira de bancos são alguns dos itens disponíveis para o carro.

Além das versões LT, LTZ e Activ, o Spin traz para a linha 2017 as configurações LS, de entrada, e a intermediária Advantage, esta desenvolvida para clientes que buscam um monovolume com transmissão automática, bom pacote de itens de série, mas em um acabamento exclusivo com preço mais acessível.

O modelo da Chevrolet ganha ainda duas novas opções de cores para a carroceria: o Azul Blue Eyes e o Preto Ouro Negro, ambas metálicas. Elas se juntam ao Cinza Grafite, ao Bege Peper Dust, ao Branco Summit, ao Branco Vintage e ao Prata Switchblade. A garantia do veículo é de três anos.

Referência em aproveitamento do espaço interno, o Spin 2017 começa a chegar às concessionárias da marca a partir da segunda quinzena de agosto.

Grade ativa do radiador, motor mais potente e eficiente são destaques

Inédito entre os carros de produção nacional, a grade ativa do radiador do Spin faz parte do sistema ECO da Chevrolet e tem como principal objetivo reduzir o arrasto aerodinâmico através do controle de abertura e fechamento das aletas, restringindo assim a entrada de ar para o compartimento do motor quando não demandado pelo sistema de arrefecimento ou pelo ar condicionado do veículo.

O sistema é composto por uma estrutura externa que abriga palhetas transversais, enquanto a abertura e o fechamento do sistema é feito de forma automática através de comandos da central eletrônica do veículo. Os principais benefícios são:

• Redução no arrasto aerodinâmico
• Redução das emissões de CO2 e consumo de combustível
• Retenção de calor no compartimento do motor em ocasiões de partida fria
• Melhor desempenho do veículo no que diz respeito à velocidade máxima e aceleração
• Redução de ruído devido a isolamento acústico no compartimento do motor
• Direcionamento do fluxo de ar

“A grade ativa do radiador é uma tecnologia comum apenas em carros importados mais sofisticados e ajuda a reduzir o consumo do Spin em cerca de 30%. Na prática, é como se o consumidor ganhasse quase quatro meses de combustível no ano”, calcula Fabiola Rogano, vice-presidente de Engenharia da General Motors.

Para chegar a este índice, o modelo trocou também o motor 1.8 EconoFlex pelo 1.8 SPE/4 ECO, de nova geração, que desenvolve até 111 cavalos de potência e 17,7 mkgf de força com etanol. Já o pico de torque agora é atingido a apenas 2.600 rpm, exatamente 600 rpm antes do que o modelo anterior.

Com isso, o motorista sente o carro responder mais prontamente ao comando do acelerador tanto em acelerações como em retomada de velocidade (ultrapassagens), o que reflete em mais segurança.

Além de mais ágil, o Spin agora é capaz de rodar com um litro gasolina até 13,7 quilômetros na estrada e 11,8 quilômetros na cidade, conforme padrão do Inmetro. Com etanol, são 9,4 quilômetros e 8,1 quilômetros, respectivamente.

A transmissão é de nova geração. A manual passa a ser de seis velocidades, com uma marcha extra para ajudar a poupar combustível e melhorar o silêncio a bordo, principalmente em ritmo de cruzeiro.

Para auxiliar o motorista a dirigir de forma mais econômica, o monovolume incorpora um alerta de mudança de marcha no quadro de instrumento. Um ícone indica o momento oportuno para as trocas.

A transmissão automática continua sendo de seis marchas, no entanto, ganhou comportamento mais suave, mesmo no modo Active Select, que permite fazer as trocas manualmente por meio de teclas na alavanca do câmbio.

Assim como a família do Onix, do Prisma e do Cobalt, a do Spin também adota na linha 2017 o sistema ECO, que consiste em um conjunto de tecnologias com foco em conforto, performance, emissões e eficiência energética.

Além da grade ativa do radiador e do motor e da transmissão de nova gerações, há evoluções nos sistemas de suspensão e freio, na aerodinâmica e até no uso de materiais mais nobres para redução de peso.

O conjunto de pistões, bielas e anéis, por exemplo, foi redesenhado e ficou mais leve, enquanto os anéis de pistão e o tipo de óleo lubrificante (0W20) sofreram alterações. A taxa de compressão foi ajustada com foco na melhor performance.

O módulo eletrônico, responsável por controlar as diversas funções do motor, está 40% mais rápido e potente. Novos sistemas de arrefecimento de gerenciamento de cargas elétricas completam o pacote.

O novo sistema de gerenciamento de energia elétrica do veículo conta com monitoramento continuo da bateria e utilização otimizada do alternador de alto rendimento.

O novo módulo de arrefecimento traz central de controle multivelocidades, ventilador sem escovas -com menor atrito-, trocadores de calor mais modernos e menor quantidade de líquido refrigerante. Tudo isso faz dele um sistema mais silencioso, leve e eficaz.

O time de engenheiros da GM se dedicou para reduzir o peso e elevar a rigidez estrutural do Spin. Mais de 100 componentes foram aperfeiçoados, aumentando a aplicação de aço de alta resistência em painéis e reforços. O carro ficou até 33 kg mais leve.

Freios mais eficientes energeticamente, novos rolamentos e pneus verdes também contribuíram para a redução significativa do consumo de combustível e melhora da performance.

O monovolume é capaz de acelerar de 0 a 100 km/h em 10,6s, números interessantes para a proposta do veículo.

Direção elétrica e novo acerto da suspensão proporcionam mais conforto

Evoluções mecânicas também trazem melhoras na dirigibilidade do Spin, entre elas está a direção elétrica progressiva.

De respostas mais precisas e diretas, o sistema elétrico é mais eficiente por não “roubar” potência do motor e por filtrar melhor as vibrações em pisos irregulares.

Este sistema de direção do Spin foi configurado para que o volante seja extremamente leve em manobras de estacionamento e mais firme e interativo em altas velocidades.

O Spin caracteriza-se também pela posição elevada e confortável de guiar, com ajustes de altura do banco do motorista, do volante e até do cinto de segurança.

Outra novidade está na recalibração das molas, amortecedores e batente da suspensão. O conjunto recebeu novos cubo de roda e barra estabilizadora e ficou 10 mm mais baixo. Com esse ajuste, o motorista irá sentir um salto de conforto no comportamento dinâmico do veículo.

Ressalta-se ainda o bom posicionamento dos comandos do painel, os diversos porta-objetos, a grande área envidraçada e a capacidade do veículo transpor obstáculos urbanos –a distância de até 138 mm em relação ao solo assemelha a de SUVs compactos.

OnStar em todas as versões

Para marcar a chegada do Spin 2017, itens adicionais de tecnologia, segurança, conveniência e conforto passam a ser disponibilizados para o veículo, como o sistema OnStar, exclusivo da marca Chevrolet.

“A oferta do sistema OnStar para um modelo de uso familiar como o Spin agrega muito valor ao produto, até porque ele é o único em sua categoria a oferecer esse patamar de conectividade”, argumenta Hermann Mahnke, diretor de Marketing da Chevrolet.

O OnStar no Spin já vem com as mais recentes atualizações incorporadas à tecnologia, como o serviço de diagnóstico. Por meio do aplicativo, o usuário pode conferir a quilometragem total percorrida e a pressão dos pneus.

A ferramenta é útil já que a correta pressão dos pneus otimiza a dirigibilidade, o conforto, a segurança, o consumo de combustível e a vida útil da banda de rodagem.

Outras vantagens que o OnStar traz para o consumidor são os serviços de Monitoramento em Rota e de Destino Seguro. No primeiro, caso a central de atendimento observe que o carro sofreu algum desvio da rota pré-determinada, será feito contato com os ocupantes do carro para verificar se há algo de anormal. Já o Destino Seguro consiste em uma ligação para quem o usuário indicar para avisar quando o veículo chegar a um local estipulado.

O OnStar permite que o usuário do Spin receba orientações de navegação por setas e/ou instruções de voz pelo sistema multimídia original do veículo, como já ocorre no Novo Cruze.

Sistema de telemática avançado, o OnStar oferece ao motorista mais de 20 serviços de emergência, segurança, navegação, concierge e conectividade em um patamar jamais visto no mercado automotivo nacional.

Pressionando um botão no retrovisor interno, o usuário é conectado a uma central com atendimento humano que oferece serviços como pesquisas rápidas na internet, além de assistência mecânica, elétrica ou médica.

A tecnologia é capaz de detectar que o automóvel se envolveu em um acidente que resultou na deflagração dos airbags. Isso é possível pois há sensores espalhados pela carroceria que identificam situações de anormalidade e podem alertar o Centro de Atendimento. Profissionais capacitados fazem então a análise da ocorrência e, caso não consigam contato com algum dos ocupantes, solicitam automaticamente que uma equipe de resgate vá até o local.

Para o monovolume, a Chevrolet oferecerá o OnStar em cortesia por um ano em três diferentes pacotes de serviços, conforme a versão e a configuração do veículo.

Advantage estreia como a versão automática mais acessível da gama

Além da nova versão LS, de entrada, a linha 2017 do Spin reedita a versão Advantage, conhecida por sua boa relação custo-benefício, mas que agora traz a comodidade da transmissão automática. O carro se destaca pelo bom conteúdo, acabamentos exclusivos e preço mais acessível.

O Chevrolet, aliás, é o veículo multiuso mais espaçoso da categoria, com opções de cinco ou sete lugares e até 710 litros para bagagem, quase o dobro da capacidade em comparação a concorrentes diretos.

O Spin vem completo de série desde a nova configuração LS, reunindo itens valorizados pelo consumidor, como como ar-condicionado, quadro de instrumentos com velocímetro digital, painel em dois tons, freios ABS com EBD (distribuição da força de frenagem), airbag duplo, alarme e conjunto elétrico de vidros e travas com acionamento por controle remoto, além de faróis com máscara negra e adesivo de coluna.

Neste modelo, há OnStar com o pacote Safe, que inclui serviço de recuperação veicular e aplicativo para smartphone com a função diagnóstico, por exemplo. Quadro de instrumentos com bússola, indicador de mudança de marchas, sistema de monitoramento da pressão dos pneus, além de sistema ECO com direção elétrica, câmbio manual de seis marchas e grade ativa do radiador completam a lista de novidades.

A versão LT soma rodas de liga aro 15, volante multifuncional com revestimento premium, sistema multimídia MyLink, rack de teto e retrovisor com botões OnStar. O dispositivo permite contato com os serviços de emergência do pacote Protect, entre eles o de notificação automática em caso de acidente e a transferência de ligação para o Chevrolet Road Service em caso de pane elétrica ou mecânica.

O modelo Advantage traz ainda espelhos retrovisores externos com ajuste elétrico, acabamento de peças da carroceria em preto brilhante, rodas de liga escurecidas, lanternas fumê, faróis de neblina, computador de bordo, luzes individuais de leitura, cobertura do porta-malas, sensor de estacionamento traseiro, transmissão automática e controlador de velocidade de cruzeiro.

A configuração LTZ acrescenta terceira fileira de bancos, capa dos retrovisores externos na cor do veículo, faróis com superfície interna escurecida “Dark Chrome”, maçanetas internas cromadas e rodas com desenho exclusivo. Nesta configuração, o OnStar vem com o pacote completo (Exclusive), com serviços também de concierge e o de navegação. O LTZ tem opção de transmissão manual ou automática.

Completa a família o Spin Activ, que traz visual aventureiro. O modelo se diferencia pelos para-choques preto com apliques prateados na parte inferior, molduras nos para-lamas, saias laterais, adesivos na soleira das portas, estepe na tampa traseira, porta-objetos no assoalho do porta-malas, lanternas escurecidas, rodas de alumínio aro 16, bancos com revestimentos em tecido especial e painel com acabamento exclusivo. Só há opção de transmissão automática para o Activ.

Todos os modelos, no entanto, têm à disposição uma extensa lista de acessórios, como suporte para tablet no dorso do encosto de cabeça, ideal para entreter as crianças em longas viagens.

A relação segue com a câmera de ré compatível com o sistema multimídia Chevrolet MyLink.

Igualmente disponível na rede de concessionárias da marca, há o módulo para ativação da função Tilt Down do retrovisor externo direito. Ao engatar a marcha ré, o espelho incline-se para baixo, facilitando manobras de estacionamento.

Conectividade a bordo

Presente nas configurações mais sofisticadas do Spin, o sistema multimídia Chevrolet MyLink traz tela de sete polegadas sensível ao toque e Bluetooth, que permite ao usuário trazer suas músicas, fotos, vídeos e acessar aplicativos, por meio do smartphone.

Adicionalmente, o equipamento permite a configuração de algumas funções do veículo de acordo com a preferência do usuário. Entre elas o tempo em que os faróis permanecerão acesos após o travamento do carro ou quais portas devem ser destrancadas quando o botão de acionamento remoto da chave é pressionado.

O motorista ainda consegue alternar as diversas mídias disponíveis sem tirar as mãos do volante. Isto porque há teclas para o controle do áudio/telefone estrategicamente posicionadas na extremidade do raio, bem ao alcance dos dedos.

A entrada USB permite plugar aparelho MP3 player ou pen drive no sistema de áudio do carro. Além desta entrada, há uma tomada de força 12V igualmente posicionada no console central para carregar equipamentos eletrônicos.

Ficha Técnica Spin 2017

Ficha Técnica Spin 2017- Onstar

Ficha Técnica Spin 2017- Equipamentos