OnStar tem primeiros casos de recuperação veicular e de notificação de acidente

OnStar tem primeiros casos de recuperação veicular
e de notificação de acidente

• Sistema de telemática avançado da Chevrolet foi lançado no país em outubro

SÃO CAETANO - Foram notificados durante o mês de janeiro o primeiro caso de roubo e também o primeiro caso de acidente envolvendo veículos equipados com OnStar no Brasil. Nos dois episódios, a tecnologia mostrou-se eficaz, cumprindo assim com o seu propósito, o de oferecer ao motorista serviços como os de emergência e segurança em um patamar jamais visto no mercado automotivo nacional.

Lançado no último trimestre do ano passado como uma exclusividade da marca Chevrolet, o sistema OnStar também oferece serviços de navegação, concierge e conectividade e está disponível para a linha 2016 do Cruze, do Cruze Sport6 e do Novo Cobalt.


Segurança e emergência

A primeira notificação de roubo de um veículo equipado com OnStar aconteceu na cidade de Osasco, na região da Grande São Paulo.

Logo após ter seu Chevrolet Cruze Sedã subtraído, o proprietário comunicou o fato à Polícia e ao Centro de Atendimento do OnStar, que, imediatamente, passou a monitorar o deslocamento do automóvel por GPS e, em um momento oportuno, enviou o comando remoto para o bloqueio da aceleração do motor do carro.

Abandonado pelo ladrão, o automóvel foi recuperado pelas autoridades (como exige a legislação nacional) e devolvido para o dono menos de três horas após o roubo.

Já a primeira notificação automática de acidente ocorreu com um Novo Chevrolet Cobalt de Teresina (PI). O carro se envolveu em um acidente com deflagração do airbag, sem feridos. Como o veículo com OnStar possui sistema próprio de telecomunicação, um sinal de alerta foi enviado para o Centro de Atendimento.

Assim que recebeu o aviso, a atendente contatou a motorista por meio do OnStar do sedã a fim de saber se ela estava bem e se precisava de ajuda. Foi solicitado então ao OnStar que auxiliasse no contato com a seguradora, com o guincho e com a autoridade de trânsito, até porque o smartphone da condutora ficou sem bateria.

Para Carlos Meinert, diretor de Customer Experience da GM América do Sul, esses casos são exemplos de como a tecnologia está proporcionando mais comodidade e segurança aos usuários.

“E caso o veículo se envolva em uma colisão mais grave, mesmo que nenhum ocupante consiga responder ao contato da atendente, o OnStar é capaz de enviar uma equipe de resgate apropriada. Isto porque sensores no veículo informam à Central de Atendimento dados da ocorrência, como localização, velocidade e dinâmica do impacto”, explica o executivo.

O OnStar traz vantagens relacionadas à proteção patrimonial. Seguradoras costumam conceder descontos para carros equipados com sistemas que permitem rastreamento e bloqueio em caso de furto ou roubo.

Para o Brasil, foram desenvolvidos alguns serviços customizados a fim de atender as demandas do mercado local. Entre os mais relevantes estão o que possibilita o motorista fazer consultas na internet por meio do Concierge e o que alerta para a circulação em área de rodízio na cidade de São Paulo.

Ao todo, são mais de 20 opções de serviço à disposição do cliente Chevrolet de todo o país que possuam a tecnologia habilitada em seus veículos.

A Chevrolet oferece como cortesia o serviço OnStar por 6 meses. O processo de habilitação pode ser iniciado na concessionária. Na sequência, o cliente recebe um e-mail para finalizar seu cadastro e dar seu aval para a ativação.


No mundo

O OnStar possui atualmente mais de 7 milhões de usuários, somando os de países como Estados Unidos, Canadá, China, México e agora também da Europa e do Brasil.

O Centro de Atendimento OnStar funciona 24 horas por dia, 365 dias por ano e a cada dois segundos, em média, uma chamada é realizada.

Mensalmente o OnStar recebe aproximadamente 100 mil contatos de emergência e 5.000 notificações automáticas de acidente como essa ocorrida recentemente no Brasil.