GM divulga os vencedores do 1º Prêmio de Sustentabilidade para concessionárias

GM divulga os vencedores do 1º Prêmio de Sustentabilidade para concessionárias

SÃO CAETANO DO SUL – A General Motors do Brasil condecorou, nesta quinta-feira (05/06/2014), Dia Mundial do Meio Ambiente, os vencedores do 1º Prêmio GM de Sustentabilidade para Concessionárias Chevrolet. A cerimônia foi promovida na sede da Abrac (Associação Brasileira de Concessionárias Chevrolet), em São Paulo.

Ao todo, três concessionárias foram premiadas, uma de cada divisão do país: a Absoluta, de Santos (SP), o Grupo Sponchiado Jardine, de Porto Alegre (RS), e a Topvel, de Barreiras (BA).

Iniciativa pioneira no setor, o concurso reconheceu as melhores práticas sustentáveis --aquelas que trazem desenvolvimento econômico, preservando os recursos ambientais e gerando meios para que se promova um melhor equilíbrio no desenvolvimento social.

O júri, composto pelo Comitê de Sustentabilidade da GM do Brasil, seguindo os critérios como inovação e relevância para o negócio, avaliou os trabalhos apresentados por sete concessionárias finalistas. As inscrições estiveram abertas de 22 de abril a 16 de maio.

“O objetivo maior deste prêmio, que será anual, é difundir e estimular a aplicação prática de ações baseadas nos princípios da sustentabilidade, gerando, assim, benefício para os concessionários e para toda a comunidade”, afirma Marcos Munhoz vice-presidente da GM do Brasil.

Projetos premiados:

Região: Sul
Grupo Sponchiado Jardine
Fundada em 1929, a Sponchiado foi uma das concessionárias pioneiras da rede Chevrolet no país. Hoje é um dos maiores grupos da marca no Rio Grande Sul. Em sua rotina de operações são desenvolvidas práticas de gestão voltadas à sustentabilidade, como a gerência de resíduos sólidos e o uso racional de insumos, além da captação e do uso automatizado da água da chuva. A loja também possui acesso universal para pessoas com necessidades especiais de locomoção por meio de rampas com inclinação adequada.

Região: Norte
Concessionária Topvel
A concessionária acabou de passar por uma grande reforma, cujo foco foi a sustentabilidade. Telhas iso-térmicas (melhoram o conforto térmico e demandam menos energia para as áreas refrigeradas), telhas translúcidas (permitem iluminação natural, poupando energia elétrica durante o dia) e torneiras com temporizador são alguns exemplos de materiais utilizados na construção. A empresa também reutiliza água para, por exemplo, a irrigação dos canteiros gramados. Mas o grande destaque é a captação de energia solar, que não causa danos ambientais.

Região: Centro e Oeste
Concessionária Absoluta
Desde o segundo semestre de 2013, a concessionária vem desenvolvendo novos projetos com enfoque na melhora da organização, com foco na sustentabilidade. Além dos trabalhos de reciclagem de óleos, filtros e panos propostos pela GM do Brasil, a empresa desenvolve ações que envolvem também a comunidade. Entre elas a Absoluta Running, uma corrida semanal entre os colaboradores com o intuito de incentivar a prática de atividade física. Durante o percurso, os integrantes distribuem sacolas biodegradáveis para a comunidade e recolhem lixos dispensados na praia.

GM é referência em sustentabilidade

A General Motors instalou-se no Brasil há quase nove décadas. Com expertise no desenvolvimento de automóveis de passeio e de transporte de carga, a companhia orienta-se pelo conceito de desenvolvimento sustentável – o tripé nas dimensões econômica, social e ambiental.

Em 2014, a GM do Brasil comemora uma trajetória de 89 anos de sucesso no Brasil, onde, com a centenária marca Chevrolet, tornou-se referência para outras unidades da GM no mundo.

Entre outubro de 2011 e fevereiro de 2013, a empresa lançou 12 novos modelos. Além de trazer para o Brasil plataformas mundiais, caso do bem-sucedido modelo Cruze, a subsidiária brasileira também desenvolve aqui novos modelos para serem produzidos em outros países, com índice de recuperabilidade superior a 96% e de reciclabilidade acima de 85%.

Com sua atuação voltada para o crescimento sustentável e alinhada às diretrizes da matriz, nos últimos anos a GMB investiu R$ 5,7 bilhões em tecnologia, na ampliação da capacidade produtiva e na criação de novos veículos, sempre procurando diminuir o impacto ambiental de suas operações, além de promover ações sociais com o objetivo de melhorar a qualidade de vida nas comunidades em que está presente.

Com investimentos definidos pela GMB, superior a R$ 350 milhões, destinados ao complexo industrial de Joinville (SC), construiu a fábrica de motores e cabeçotes, cujas operações se iniciaram em 2012. A nova unidade incorpora um conjunto de sistemas pioneiros de eficiência energética e de proteção ao meio ambiente que a credenciou a obter a certificação global Leadership in Energy and Environmental Design (Leed), categoria GOLD.

A fábrica de motores incorpora várias sistemas inovadores na área de eficiência energética, como o tratamento inédito de efluentes e esgotos, com a instalação de jardins filtrantes, e a reciclagem da água industrial por meio do sistema de osmose reversa, sistema de geração e aquecimento solar de energia entre outras iniciativas.

Em 2011, a GMB criou o Comitê de Sustentabilidade e investiu em tratamento e disposição de resíduos, monitoramento de emissões atmosféricas, contratação de empresas de gerenciamento de recursos e gestão ambiental, educação e treinamento, consultorias legais e de certificações verdes, instalação de novos equipamentos para tecnologias mais limpas, minimização de impactos ao meio ambiente e contratação de serviços de inspeção ambiental.

A GM tem investido em programas com o objetivo de atingir a meta de 100% de resíduos reciclados em suas unidades no país. As unidades de Mogi das Cruzes (SP) e de Gravataí (RS) já obtiveram o certificado internacional do programa Zero Aterro (Landfill Free). Nestes dois complexos industriais todos os resíduos do processo produtivo são destinados para a reciclagem. Já a unidade de Joinville está em fase final de certificação.

O trabalho contínuo de melhoria nos processos ainda fizeram a empresa reduzir, entre 2005 e 2013, 60% do consumo de energia elétrica para produzir um carro.

Ao longo dos anos, a política ambiental da companhia foi reconhecida com importantes premiações. Entre outras, destacam-se as certificações inéditas do Wildlife Habitat Council (WHC), pelo trabalho de preservação de áreas verdes e educação ambiental em Gravataí (RS) e São José dos Campos (SP); o Prêmio Top Ambiental ADVB (Associação dos Dirigentes de Vendas e Marketing do Brasil); e o 17º Prêmio Fiesp de Mérito Ambiental, pela realização do projeto “Chevrolet Flexpedition 2010: um passeio pela GM do Futuro”.

A subsidiária brasileira tornou-se modelo para outras unidades da GM no mundo ao criar a maior linha de veículos 100% flex fuel (bicombustível) disponível no País.

Além disso, a GM reconhece e estimula os melhores projetos de seus fornecedores na área de sustentabilidade. O Prêmio General Motors do Brasil de Sustentabilidade, criado exclusivamente para este fim, já está em sua segunda edição.