Fã da Chevrolet é reconhecido pelo Guinness Book como maior colecionador de Corvettes do mundo
  • g+1

Charles Mallon tem 2.014 Corvettes. E apenas um está na sua garagem.

Por Stephen Williams


Das centenas de milhares de entusiastas de automóveis em todo o mundo que veneram carros esportivos, pouquíssimos podem afirmar que são donos de 2.014 modelos Chevrolet Corvettes.

São 2.013 no porão de Charles Mallon — dentro de um mostruário e dezenas de sacolas — e um em sua garagem: um LeMans 2005 Blue C6.

Um Corvette de verdade é suficiente para Charles Mallon.

Transformar um hobby na busca por um lugar no Livro dos Recordes (Guinness Book) não é algo que se faça da noite para o dia. Mas Mallon realizou dessa forma. Em junho de 2013, ele foi certificado pelo pessoal do Guinness por ter a "maior coleção de Recordações da Chevrolet."

Ele lembra que começou a gostar da marca aos dois anos de idade, quando sua mãe lhe disse que ele "escolhia um Corvette no meio de uma multidão e corria pra cima dele".

A paixão de Mallon pelo Corvette vai além dos modelos em miniatura do carro. Ele coleciona recordações da Chevrolet desde os 14 anos de idade, de placas, livros e pôsteres à latinhas de refrigerante e fivelas da Chevrolet. Mas, na verdade, sua paixão é o carro.

"Eu comecei a colecionar pra valer quando tinha 14 anos," diz ele. "Eu trazia três modelos para casa, depois cinco modelos, e aí você se empolga. Gosto de carros de todas as formas e tamanhos, mas notadamente do visual e do som do Corvette. Ele é o carro esportivo da América."

Agora com 54 anos e trabalhando como consultor em melhorias nas instalações de concessionárias, Mallon — que viveu na Pensilvânia, perto da Filadélfia, toda a sua vida — ainda coloca os amigos para procurar miniaturas de Corvette em suas idas a lojas de brinquedo e mercados de pulga. Cerca de 600, variando em tamanho de alguns centímetros a mais de 30 cm, vivem neste mostruário no porão de Mallon, e o resto está em sacolas, "ficando em exposição periodicamente," diz ele. A esposa de Mallon, Gina, é particularmente bem-humorada sobre tudo isso. "Que é seu lado homem das cavernas lá em baixo", diz ela. "Não é tão ruim como parece."

Mallon já pertenceu ao clube dos proprietários de Corvette, mas só agora está voltando. "Eu viajava muito e meus filhos eram muito novos, então não conseguia conciliar com tantos eventos", diz ele, que agora planeja participar de reuniões à noite. Ele também quer ser mais presente nas redes sociais do Corvette, uma comunidade com quase 1 milhão de fãs.

Uma experiência muito esperada foi conferir o Corvette 427 Edição de Colecionador com o Pacote de Design em edição comemorativa do 60º aniversário. "Deve ser incrível de dirigir... aquela potência toda em um conversível. Mal posso esperar para colecionar todas as miniaturas produzidas para esse carro especial"

No início do ano Mallon montou sua coleção inteira no chão de um ginásio de escola secundária perto de sua casa, parte do processo de estabelecer uma referência para uma nova categoria do Guinness. Ele apresentou um pedido formal — "para validar minha insanidade" — e foi premiado com o certificado em junho.

Mallon diz que há colecionadores que possuem muito mais miniaturas do que ele, mas ninguém com tantos Corvettes: "Eu cataloguei todos eles em uma planilha de Excel; separei por cor da lataria, cor interior, cor de roda."

Escolher um favorito para Mallon é meio ciência, meio impulso. Ele gosta de alguns dos caros Corvettes Franklin Mint que ganhou como presente, bem como de uma coleção de carros com logos da National Football League ("todos os times, exceto o Lions de Detroit, que é da Ford").

Mas se fosse escolher um?

"Um Corvette Betty Boop Edição Limitada."

As marcas registradas mencionadas nesta história são mantidas por seus respectivos proprietários.

Stephen Williams escreve sobre carros e a indústria automobilística para o New York Times e o Automotive News e é um antigo escritor e colunista do Newsday. Ele nunca teve um Corvette, mas esse objetivo continua no topo da sua lista de tarefas.

Charles Mallon: detentor da maior coleção de Corvettes, com 2014 réplicas, sendo uma em sua garagem