Destaque do Salão de São Paulo, Corvette ganha novas tecnologias

Destaque do Salão de São Paulo, Corvette ganha novas tecnologias.

• Modelo 2015 do superesportivo americano passa a oferecer ‘modo manobrista’ e câmbio de oito marchas
• Esta é a primeira vez que a sétima geração do carro fará uma exibição oficial no país


SÃO CAETANO DO SUL - Estrela da Chevrolet no 28º Salão Internacional do Automóvel de São Paulo, o Corvette Stingray chega à linha 2015 com novas tecnologias.

A sétima geração do icônico e cultuado superesportivo norte-americano será exibida pela primeira vez no país durante o evento, que abre as portas ao público de 30 de outubro a 9 de novembro.

Uma das principais novidades do modelo é o Valet Mode com Performance Data Recorder, criado para deixar os proprietários mais tranquilos ao entregar as chaves do carro para desconhecidos, como um manobrista.

Ativado com uma senha, o sistema passa a gravar tudo o que acontece com o veículo em áudio e vídeo. O filme, que mostra inclusive dados de telemetria (velocidade, rotação do motor, marcha engatada e força G), pode ser assistido depois pelo dono na tela de oito polegadas no painel do automóvel ou baixado para um computador.

Uma memória de 8GB permite aproximadamente 200 minutos de gravação. A ativação da senha ainda bloqueia o acesso ao porta-luvas e desabilita o rádio e o sistema multimídia.

“O Performance Data Recorder foi criado inicialmente como uma ferramenta para acompanhar o desempenho do carro, permitindo ao motorista gravar suas voltas e melhorarem seus tempos”, disse Harlan Charles, gerente de produto da GM.

“Mas logo percebemos que o sistema poderia ter outras finalidades, tais como registrar um passeio por uma bela paisagem ou a gravação em Valet Mode (modo manobrista, em inglês)”, completou.

O Corvette também é equipado com quadro de instrumento central com tela de LCD, que permite escolher quais informações o condutor prefere destacar. Os principais dados podem ser ainda projetados no para-brisa por meio de um head-up display, tecnologia similar a de caças supersônicos.

Oito marchas

Outra novidade do superesportivo é a opção de transmissão automática de oito velocidades com paddle-shift e dupla embreagem. O conjunto permite acelerações ainda mais rápidas e redução do consumo de combustível.

A versão equipada com motor 6.2 V8 de 466 cavalos acelera de 0 a 100 km/h em cerca de 3,8s – tempo 0,1s inferior ao registrado pelo modelo equipado com a transmissão de seis velocidades. Já o consumo é 3,5% menor, ampliando a vantagem que o Corvette já tinha em relação a seus principais concorrentes no mercado norte-americano neste quesito.