Placas fotovoltaicas de energia solar na fábrica da GM em Joinville

Fábrica da GM em Joinville conquista status de zero resíduo para aterro.

Mais dez complexos industriais da empresa no mundo receberam a certificação por reciclar, reusar e converter em energia todos os resíduos de suas operações.

JOINVILLE - A fábrica de motores da General Motors em Joinville (SC) atingiu o status zero resíduo para aterro. Com isso, a companhia possui agora 122 unidades no mundo que reciclam, reusam e convertem em energia todos os seus resíduos das operações diárias.

“O movimento zero resíduo para aterro é parte na nossa cultura de melhoria contínua, que foi adotada pelos times globalmente”, disse Jim DeLuca, vice-presidente executivo de manufatura global da GM. “Isso não só torna as nossas operações mais eficientes e ajuda a preservar recursos vitais, como também nos permite reinvestir o dinheiro que ganhamos com a reciclagem no desenvolvimento de futuros veículos para os nossos clientes”.

Durante o processo rumo ao zero resíduo para aterro, a fábrica de Joinville desenvolveu maneiras criativas de reutilizar e reciclar os seus resíduos. Ela usa, por exemplo, os restos orgânicos do refeitório como fertilizante para suas árvores e flores, enquanto a madeira de embalagens é transformada em pedestais.

Engajar empregados para realizar a correta coleta seletiva foi fundamental para o processo. O time continua dedicado à melhoria contínua, focando na redução da quantidade de resíduo produzido e achando novas formas de reuso para materiais que hoje são reciclados.

A fábrica da GM em Joinville desenvolveu maneiras criativas de reutilizar e reciclar os seus resíduos

Outras características ambientais da fábrica são as placas fotovoltaicas de energia solar com geração de 350 kilowatt para abastecimento de toda a iluminação dos escritórios, e um processo de osmose reversa recicla também a água tratada das descargas dos vasos sanitários. Com esse processo, a unidade economiza anualmente o equivalente a nove piscinas olímpicas –cerca de 23 milhões de litros.

Em 2014, a fábrica de Joinville ganhou a certificação “Leadership in Energy and Environmental Design Gold” do U.S. Green Building Council (Conselho da Construção Verde dos EUA), sendo o primeiro complexo industrial do segmento automotivo na América do Sul a receber esse reconhecimento. Esse é o resultado de investimentos em sustentabilidade desde o início das obras, há três anos.

A comunidade também foi envolvida em diversas atividades de conscientização socioambiental. Recentemente, 110 estudantes aprenderam sobre reciclagem e plantio de árvores.

Além da fábrica de Joinville, mais dez outras operações da GM alcançaram o status de zero resíduo para aterro:

  • CAMI (Canadá)
  • Colmotores (Colômbia)
  • Zaragoza (Espanha)
  • Zaragoza Stamping (Spain)
  • Grand Rapids (EUA)
  • Burton (EUA)
  • GM Heritage Center (EUA)
  • Shanghai (China)
  • Luton (Inglaterra)
  • Fontana (EUA)

Por essas onze fábricas não enviarem seus resíduos para aterro, a GM evitou a emissão de mais de 600 mil toneladas métricas de CO2. Essa quantidade é equivalente ao benefício do plantio de 15 milhões de mudas de árvores, por um período de dez anos.

“Nosso objetivo maior é não gerar nenhum tipo de resíduo”, disse John Bradburn, gerente global de redução de resíduos. “Até lá, nós estamos fazendo tudo o que podemos para garantir que os resíduos não vão para a terra. Criando projetos especiais de reciclagem que proporcionam reuso de embalagens para os nossos fornecedores, nós aplicamos as lições aprendidas em todas as nossas operações para que gerem impactos mais amplos e positivos”.

Todas essas unidades tratam seu lixo como recursos extraordinários e empregam diversos métodos para dar-lhes um segundo ou terceiro ciclo de uso.

A GM estabeleceu uma meta para alcançar 125 localidades com zero resíduo para aterro globalmente até 2020. A empresa também alcançou a meta de 10% de redução geral de resíduos sete anos antes do planejado.

A GM foi nomeada como “Michigan Green Leader” e “Green Corporate Citizen” pelo seu programa zero resíduo para aterro. Recebeu o “Top Project of the Year Award” organizado pelo “Environmental Leader” por realizar um movimento global pelo zero resíduo.