Da esq. à dir., Renato Borges, da concessionária Sabenauto; Patrick Ribeiro, da GM; as primeiras-damas Marlúcia Cândida e Gicélia Viana; e Vanessa Costa, da Cades

Instituto General Motors doa R$ 104,7 mil a vítimas da enchente no Acre

• Dinheiro foi entregue a entidades para a compra de produtos de primeira necessidade; mantimentos encheram quatro caminhões

SÃO CAETANO DO SUL – O Instituto General Motors (IGM), braço social da General Motors do Brasil, e funcionários da empresa doaram a soma de R$ 104,7 mil a vítimas das fortes chuvas que inundaram, no início do mês, áreas residenciais no Estado do Acre.

O dinheiro foi entregue a duas entidades: Rio Branco Amiga e Programa Acre Solidário, sob a coordenação da Diocese de Rio Branco, que centraliza o recebimento de ajuda financeira.

Com essa doação da GM, foi possível comprar produtos de primeira necessidade, como água potável, alimentos e fraldas. Os mantimentos encheram as carretas de quatro caminhões.

Água potável, fraldas descartáveis e leite fazem parte dos donativos entregues pela GM a vítimas da enchente que atingiu o Acre

Entre os presentes na cerimônia de entrega estavam o gerente de vendas da GM na Região Norte, Patrick Ribeiro; o representante da concessionária Chevrolet Sabenauto, Renato Borges; além das primeiras-damas do Estado do Acre e da capital Rio Branco, Marlúcia Cândida e Gicélia Viana, respectivamente, representando as entidades beneficiadas.

“É do conhecimento de todos que a população brasileira é muito solidária, e as pessoas que formam a GM no Brasil ampliam a oportunidade de ajudar milhares de famílias em um momento de tanta dificuldade”, diz Pedro L. Dias, presidente do Instituto GM. “Há que se destacar também o comprometimento e prioridade que o nossos empregados, colaboradores e concessionários locais prestaram nessa campanha humanitária. Gestos dignos dos maiores reconhecimentos”, concluiu.

As enchentes no Estado do Acre afetaram milhares de pessoas, grande parte crianças e idosos. Muitas famílias perderam tudo: móveis, casa e pertences adquiridos ao longo da vida.

Marlúcia Cândida agradeceu o empenho da GM e disse que o gesto solidário estimula outras grandes empresas a fazê-lo também.

A decisão da GM de participar da ação em prol dos desabrigados pela enchente partiu do presidente da empresa, Santiago Chamorro, que logo tomou conhecimento do fato por meio de telejornais. Foi próprio executivo quem liderou uma campanha interna de arrecadação entre os funcionários e o IGM.

A General Motors do Brasil também prestou solidariedade em outras grandes tragédias naturais, como a que atingiu a cidade de Petrópolis (RJ), em 2011, e diversos municípios de Santa Catarina, em 2013.