A linha 2014 do Cruze agora traz reconhecimento de voz e sistema Mylink para a versão LTZ

Chevrolet Cruze traz sistema de conectividade MyLink com reconhecimento de voz na linha 2014

Chevrolet Cruze traz sistema de conectividade MyLink com reconhecimento de voz na linha 2014

Modelos sedã e Sport6 (hatchback) também ganham nova cor, Cinza Mond

 

São Caetano do Sul


– Já está disponível no mercado brasileiro a linha 2014 dos modelos Chevrolet Cruze sedã e Cruze Sport6 (hatchback), que se destacam no ranking dos mais vendidos no Brasil, em seus respectivos segmentos dos modelos médios.

Os dois modelos, na versão LTZ, ganharam no sistema de multimídia Chevrolet MyLink, o reconhecimento do usuário pela voz, para acessar diversas informações, a exemplo de emissoras de rádio, determinada música para ser ouvida e o acesso aos comandos do sistema de navegação. Os dois modelos ganharam uma nova cor, a Cinza Mond.

Ainda mais elegante, o Cruze 2014 recebe uma nova cor de pintura: Cinza Mond

O Cruze sedã e o Cruze Sport6 estão equipados com o motor Ecotec6 1.8 litro e duas opções de transmissão: manual e automática, ambas com seis marchas. A configuração sedã conta com duas versões, LT (três grupos de conteúdo) e LTZ (um grupo), enquanto a hatchback possui a versão LT (dois grupos) e a LTZ (um grupo). A versão LTZ do Cruze Sport6, a exemplo do Cruze sedã, também possui agora câmera de ré.

A Chevrolet vendeu no período de janeiro a agosto de 2013, 31.532 unidades dos Cruze sedã e Cruze Sport6, sendo 17.398 do sedã e 14.134 do hatchback, resultado que coloca a marca entre os primeiros do ranking de vendas dos modelos médios no mercado brasileiro. No segmento dos sedãs médios o Cruze está entre os três modelos mais vendidos, enquanto no segmento dos hatchbacks médios, o Cruze é o segundo colocado, com participação de 22,0% das vendas.

Os dois modelos ganharam na versão LT com transmissão manual novo volante e manopla de câmbio com acabamento em couro. Eles também já possuem alguns equipamentos importantes na área da segurança, a exemplo do controle eletrônico de estabilidade (LT e LTZ), o desembaçador do espelho retrovisor (LTZ), o sistema automático de controle de qualidade do ar (AQS – "Air Quality System") e o PEPS (Passive Entry e Passive Star) – sistema que permite destravar as portas e ligar o carro sem precisar tirar a chave do bolso (LTZ).

Mylink - Uma central multimídia que soma diversas funcionalidades em uma tela de 7 polegadas

Cruze recebe MyLink com sistema de reconhecimento de voz para áudio, rádio e navegação

Além dos atributos conhecidos da versão LTZ, como tela touch screen, de sete polegadas, CD player, MP3, USB, entrada auxiliar, Bluetooth, visualizador de fotos, navegador e reconhecimento de voz para agenda e ligações telefônicas, os dois modelos ganharam como novidades o reconhecimento de voz para navegação, áudio e rádio.

Estão disponíveis ainda o aplicativo Stitcher e sistema de navegação integrado ao MyLink, sem a necessidade do SD card. O MyLink se destaca por sua interface intuitiva e de fácil navegação, a qual faz uso da tela LCD touch screen de sete polegadas. Por meio do sistema, é possível controlar algumas configurações funcionais do carro, como o destravamento remoto das portas, iluminação e o volume de áudio compensado pela velocidade.

Outra comodidade viabilizada pelo sistema está na possibilidade de o usuário distribuir o som ambiente do rádio de forma independente em cada uma das caixas de som das quatro portas, além da visualização de demais informações tradicionais do celular, como, agenda de contatos e histórico de chamadas. À parte de todas estas funcionalidades, o sistema executa funções tradicionais de rádio AM/FM com leitor de áudio para arquivos MP3/WMA.

Para uma direção mais precisa e dinâmica, a nova linha 2014 do Cruze vem com um motor Ecotec 6 1.8L

Motor Ecotec

A família Ecotec reúne o que há de mais sofisticado em termos de engenharia e tecnologia. Seu cabeçote conta com duplo comando de válvulas continuamente variável (Dual CVVT), com variação do tempo de abertura das válvulas de admissão e de escape.

Além disso, o Ecotec6 tem coletor de admissão variável, o que torna as respostas do motor mais rápidas. O coletor "curto" é mais utilizado em altas velocidades, quando o carro necessita de potência. Em baixas rotações, o coletor se torna "longo" privilegiando torque e força. Além disso, o sistema colabora para uma queima de combustível mais eficiente, proporcionando alto desempenho, economia e uma menor emissão de gases poluentes.

Mas o Ecotec vai além. Tem bielas forjadas, ao invés de fundidas, que garantem muito mais durabilidade – são utilizadas em carros de corrida e alto desempenho. O cabeçote (feito de alumínio, assim como o cárter) e bloco contam com galerias internas para refrigeração especialmente desenhadas de modo que a temperatura no cabeçote seja menor, permitindo maior avanço de ignição, o que resulta em menor consumo.

Graças a estas tecnologias, o 1.8 Ecotec 6 do Cruze rende 144 cavalos quando abastecido com etanol e 140 com gasolina, a 6.300 rpm. O torque máximo, com etanol, é de 18,9 kgfm e aparece já nas 3.800 rpm. Com gasolina, o torque é de 17,8 kgfm, na mesma rotação. E, além dos bons números, vale ressaltar que 90% do torque já estão disponíveis a partir da faixa de 2.200 rpm.